Sonho Gaścho

Mario Ulbrich

Sonho Gaścho

lembranēas
que alimentam
as saudades
que carrego comigo

um
fio
de
espe-
ranēa
de
poder
reviver
o pago
antigo

converter o ontem em hoje
repetir a minha sina
uma vida campeirando
de sol a sol na dura lida
ą noite sob as estrelas
nos braēos da minha China

quando o amanhć
se tornar o presente
e eu tiver que ir embora
em derradeiro repente
vou testar a minha sorte
na loucura de uma faēanha
passar na espada a morte

 

voltar para pįgina do autor