Maria Avelina Fuhro Gastal

https://www.mariaavelinagastal.com.br

Maria Avelina Fuhro Gastal é formada em Serviço Social pela PUC/RS, com especialização em Terapia de Família e Casal. A partir da aposentadoria no serviço público estadual, em 2012, tem se dedicado à escrita, participando de diversas oficinas e grupos de escrita criativa. Tem contos publicados nas coletâneas “Contos Contemporâneos”, “Diálogos” e “Caleidoscópio”, esta organizada por Luiz Antônio de Assis Brasil a partir de contos de autores da Oficina de Criação Literária da PUCRS de 2016. Em 2017 concluiu o Curso de Formação de Escritores na Metamorfose Cursos.

Entre em contato com a autora pelo email avelinagastal@hotmail.com.


Textos mais recentes

> Doze de outubro

> Eu me indigno

> A casa verde

> Sobre gangorras e botas

> Tela negra


Clique aqui para ler mais textos da autora
.


Livros

Nós
Maria Avelina Gastal
contos (2018)

Caleidoscópio
vários autores
contos (2018)

Diálogos
vários autores
contos (2017)

Contos Contemporâneos
vários autores
contos (2014)

Contos Contemporâneos
vários autores
contos (2013)





Depoimentos

"Acabei a leitura do livro Nós, da Maria Avelina Fuhro Gastal. Gostei muito da obra, contos curtos, com grande impacto, transmitindo mensagens que falam diretamente aos leitores. Parabéns para a autora e parabéns para a editora por incentivarem novos talentos de nossa literatura."
Cristiane Netto

"Prefiro os romances aos contos. Preciso de tempo e de muitas páginas para vincular-me a personagens e para submergir em emoções que, até hoje acreditava, somente era possível em longos enredos.
Mas os contos de Maria Avelina Fuhro Gastal me surpreenderam. Nós, editado pela Metamorfose, é uma joia formada por delicadezas e surpresas incrustradas em fragmentos do cotidiano. Belas histórias, belas personagens, conduziram-me por emoções há tempos esquecidas, com cheiros de infância, de praia, de amores e desamores. 
Recomendo fortemente ao menos duas leituras de Nós. A primeira, impossível de ser lenta: devorei o livro em poucas horas. A segunda, sim, com vagar, com gosto, desatando nós e reatando memórias. 
Maria Avelina me conduziu com a mesma segurança por caminhos do cotidiano e da imaginação; do drama individual e da consciência social; do presente e do passado. 
Sim, eu preferia os romances aos contos. Mas não havia lido Nós."
Sinara Porto Fajardo

"Nós fomos colegas em oficinas, também em grupos de estudos, e por isso conhecia a sua habilidade com as palavras nos textos. Reler os contos, agora reunidos no livro, foi uma grande alegria. A capa representa muito bem cada conto. A Avelina retrata a vida de gente como Nós, em recortes precisos, em alto relevo, pontuais, costurados com perfeição, onde personagens se encontram diante de dilemas, seja pessoal, de casal, familiar, de uma comunidade, dilemas onde "A voz dentro de mim é mais forte" e norteia comportamentos e afetos nas relações. São Florenças, Marias Josés, pais e filhos, maridos e mulheres, Juarezes, Carlos Albertos, Benzi nhos, Donas, Angélicas, Amélias e tantos mais. Por vezes o leitor presencia o exato momento de um dar-se conta de algo na vida, e em outros perpetua na repetição histórias transgeracionais. O primeiro conto e o último são pontas de um mesmo fio e revelam com sutileza e ironia o conflito social existente. Parabéns, Avelina!"
Sandra Ungaretti Stechman

"A Metamorfose está de Parabéns! Adorei o livro da Avelina. É daqueles que eu abri, comecei a ler e só parei ao terminar. É a cada conto eu ficava no "quero mais"; aquela trama, aqueles nós tinham que ter continuidade... Um modo de escrever inteligente e instigante.No aguardo do próximo!"
Gloria Cassol

"Comecei a ler o livro "Nos" e não consegui parar de ler. É de extrema sensibilidade e beleza poética. Adorei, quero mais!"
Maria Helena Ros Oliveira Trindade

"Desejo cumprimentar a Editora Metamorfose pela publicação do Livro Nos, da escritora Maria Avelina Gastal. Li e reli muitas vezes, não sou crítica, mas para mim Avelina reune um pouco de Ágatha Christie e Lia Luft. Fico no aguardo de novos lançamentos."
Adi Soares

"Os contos que falam sobre nossos nós foram descritos de forma que podemos “ver” estes personagens que retratam nossas vidas, imaginar suas faces, perceber as texturas de suas roupas e o ruído de seus passos."
Vera Lúcia Barreto Gorelik



Contato

E-mail: avelinagastal@hotmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/mariaavelina.gastal

Instagram: https://www.instagram.com/avelinagastal