VALOR COM FRETE INCLUÍDO:

R$ 40,00

Onde encontrar

Para comprar diretamente conosco, entre em contato ou clique sobre o logotipo abaixo.


Sherlock Cat - livro bilíngue

Lançamento dia 10 de outubro, em Santo Antônio da Patrulha

O que pode acontecer na vida de seis gatinhos no dia que mudam de residência? E se, agregado a toda a curiosidade e insegurança do desconhecido, surgir uma imensa vontade de ajudar o próximo? Sherlock Cat é isso: Uma mistura de ronrons solidários com descobertas deliciosas e você não pode ficar fora dessa!

What happens in the lives of six cats on the day they move to a new house? What if, on top of all the curiosity and insecurity for the unknown, these kittens find out that they can be helpful? This is Sherlock Cat: A mix of supportive purrs with delightful findings. You will not want to miss it!

Ficha técnica

Autora: Sinara Foss
Ano: 2019
Gênero: Infantojuvenil

Depoimentos

"É impossível negar as inúmeras vantagens oferecidas por uma boa leitura. O que falar, então, sobre uma boa leitura feita na língua inglesa? Seria juntar o útil de praticar uma língua adicional com o agradável de aproveitar uma nova história, certo? É isso que a nova edição de Sherlock Cat, livro da autora Sinara Foss, oferece. Tiger e a turma agora fazem parte de uma história toda em inglês que pode, além de encantar quem a lê, ser usada para fins pedagógicos, dentro ou fora da sala de aula.

Com uma escrita pensada para crianças, o livro pode servir como uma boa ferramenta pedagógica para professores de inglês que queiram trabalhar a literatura nas aulas de língua adicional. Além de servir como suporte para apresentar vocabulário aos estudantes, a autora preocupou-se em apresentar curiosidades sobre alguns dos bichinhos que fazem parte da história e que poderiam, inclusive, ser objeto de um trabalho interdisciplinar nas escolas.

É com uma narrativa bem elaborada e personagens cativantes que Sherlock Cat cumpre a tarefa de envolver o jovem leitor na trama, criando expectativas e surpreendendo-se com o desenrolar da história. Além de todas as vantagens de se ler o livro, as maiores delas é poder conhecer um pouco mais a turma que a Sinara nos apresenta e a possibilidade e ensinar o respeito aos animais às crianças. Sherlock Cat continua o legado de Memórias de um cachorro velho e as várias aventuras de Sissi, agora em inglês!"

Mateus Santos de Carvalho - estudante do curso de licenciatura em Letras - Português e Inglês na Universidade do Vale do Rio dos Sinos


"O quão envolvente pode ser um livro sobre um gatinho detetive? Muito e não vou fingir que não fiquei surpreso. Logo no início, ao saber que a história teria na verdade seis gatos - e mais alguns cachorros, logo me perguntei se eu não teria dificuldade em lembrar quem era quem, mas a personalidade de cada personagem é tão bem desenvolvida que após algumas páginas você jura que os conhece de verdade. A química entre todos é encantadora e a história não é menos empolgante, dando vida ao mundo como só nossos bichos enxergam. Para não deixar de comentar sobre o texto em inglês, basta dizer que é uma leitura com expectativas sobre o leitor - que se correspondê-las, será recompensado com um livro que você não quer fechar na última página."

Felipe Schoenardie, professor de Inglês, graduado em Letras Português Inglês e pós-graduado em Educação Bilíngue e Cognição

"Quando estamos crescendo, aprendendo as lições da vida, sempre há os que defendem o ponto de vista de que é necessária certa dose de esperteza ou até mesmo maldade para que a gente "se dê bem". Assim como os que dizem que pensar nos outros é desgaste de energia e que a gente deve tratar unicamente de resolver os nossos próprios problemas.

De repente, não mais que de repente, os gatinhos da aventura Sherlock Cat tocam a nossa mão de uma forma muito pacífica, tão pacífica que a gente pode acabar não notando se não tiver um pouco de sensibilidade. E nesse suave convite, num ritmo carinhoso como o ronronar de um gatinho, nos convida a ver o lado da nossa existência nesse mundo que no fundo no fundo a gente sabe, mas muitas vezes esquece: de que vale a pena sim exercer bondade, gastar um pouco de energia, mesmo que isso signifique sair do nosso problema, para ajudar e alegrar os outros que precisam.

A frase não é minha, mas acho que cabe muito bem para falar das aventuras de Sherlock Cat: é bom ser importante, mas importante mesmo é ser bom."

Eduardo Souza de Andrade, graduado em Letras pela Facos - Osório e pós-graduado com especialização em docência em língua inglesa pela Unicid de São Paulo